Quem VACINAR fora da ordem de prioridade pode ser preso por até 3 anos - Aprovada urgência para projeto de lei na Câmara [Portal VozdoCLIENTE]

Quem VACINAR fora da ordem de prioridade pode ser preso por até 3 anos - Aprovada urgência para projeto de lei na Câmara Câmara dos Deputados





A Câmara dos Deputados aprovou nesta terça-feira (9), por 416 votos, o regime de urgência para o Projeto de Lei 33/21, do deputado Alex Manente (Cidadania-SP), que fixa pena de detenção de 1 a 3 anos e multa para o crime de conseguir se vacinar fora da ordem de prioridade ou mesmo “afrontar” a execução de planos de imunização.

O projeto está apensado ao PL 25/21, do deputado Fernando Rodolfo (PL-PE), que tipifica este crime e também o de desviar vacinas e usar do cargo para inverter a prioridade de imunização.

As propostas estão na pauta de votações do Plenário desta quarta-feira (10).

 

Reportagem – Eduardo Piovesan

Edição – Pierre Triboli

Fonte: Agência Câmara de Notícias



Veja a reportagem na fonte.



Vídeos recomendados:

Curta, comente e publique direto no Facebook

Mais lidas últimos 30 dias


Anúncios [2205 - desktop]