UFMG mantém aulas e divulga recomendações para enfrentamento da Covid-19 [Portal VozdoCLIENTE]

UFMG mantém aulas e divulga recomendações para enfrentamento da Covid-19 UFMG





Além de integrantes da Administração Central e do Hospital das Clínicas, participam do comitê os especialistas Flávio Fonseca Guimarães, do Departamento de Microbiologia do Instituto de Ciências Biológicas e integrante do INCT Vacinas, e o infectologista Unaí Tupinambás, coordenador do Programa de Pós-graduação em Infectologia e Medicina Tropical da Faculdade de Medicina. 

Aulas mantidas

As aulas estão mantidas em todos os níveis: Escola de Ensino Básico, cursos de graduação, pós-graduação e extensão universitária. Em relação aos eventos, a nota, assinada pela reitora Sandra Regina Goulart Almeida e pelo vice-reitor Alessandro Fernandes Moreira, estabelece que "atividades acadêmicas como congressos, simpósios, cerimônias de formatura, posse e entrega de títulos honoríficos, eventos comemorativos, científicos, artísticos, culturais e esportivos, reuniões colegiadas amplas estão suspensas e não deverão ser reprogramadas até que se restabeleça a normalidade". 

No caso das atividades de extensão –  aquelas voltadas para a comunidade em geral  –, a nota recomenda cuidado redobrado, evitando ao máximo a exposição a aglomerações, de participantes com mais de 60 anos e pessoas que integram os grupos vulneráveis, segundo definição do Ministério da Saúde, mais suscetíveis a complicações. 

Em relação ao retorno do exterior, a nota define que "servidores docentes e técnico-administrativos em educação, trabalhadores terceirizados e estudantes recém-admitidos no Brasil, vindos de qualquer país, a partir das duas últimas semanas em diante, não devem comparecer às suas atividades nos espaços da Universidade, por 14 dias". Neste caso, as pessoas em trabalho ou estudo domiciliar deverão seguir orientações que ainda serão especificadas pelas pró-reitorias de Graduação, Extensão, Pós-graduação e Recursos Humanos.

"Todas as decisões estão alinhadas às definições do Ministério da Saúde, Ministério da Educação e da Instrução Normativa nº 19, do governo federal, que estabelecem as medidas de prevenção, proteção e enfrentamento da pandemia. São cuidados que visam a garantir a saúde coletiva e o funcionamento da Universidade em condições seguras", explica a reitora Sandra Regina Goulart Almeida.

Além do Comitê Permanente, as 20 unidades acadêmicas foram orientadas a estruturar comitês locais para estudar medidas complementares que possam ser necessárias diante das especificidades de áreas e cursos. Tais propostas devem ser enviadas para o Comitê Permanente, para deliberação conjunta.

A Universidade vai ainda requalificar e intensificar os serviços de limpeza, "visando a maximizar a eficácia de desinfecção de espaços favoráveis ao contágio, com especial atenção aos locais mais sensíveis, como as áreas nas quais ocorrem práticas de saúde". A comunidade também está orientada a intensificar a higienização das mãos com sabão e álcool gel. Mais suprimentos para tal fim estão sendo adquiridos, e a universidade está trabalhando na divulgação de informações para o convívio social diante do quadro. 

A nota solicita que a comunidade seja ágil em notificar o Comitê Permanente sobre casos suspeitos, lembrando que a celeridade na adoção de medidas preventivas é essencial para evitar a disseminação da doença. Os contatos para notificações e dúvidas são o e-mail comitecoronavirus@ufmg.br e o telefone (31) 3409-4432. O horário de atendimento pelo telefone é das 8 às 17h, de segunda a sexta-feira.

Por fim, a nota ressalta que "os dados epidemiológicos estão sendo monitorados diariamente e que outras medidas poderão ser adotadas de acordo com a evolução da situação". A Universidade indica ainda que a comunidade deve tomar cuidado com o compartilhamento de informações equivocadas, informando-se exclusivamente pelo endereço



Veja a reportagem na fonte.



Vídeos recomendados:

Curta, comente e publique direto no Facebook

Mais lidas últimos 30 dias