Faxina! 11 pessoas são presas no mesmo bairro em Ubá. PCMG realiza Operação Fenix e efetua flagrantes [Portal VozdoCLIENTE]

Faxina! 11 pessoas são presas no mesmo bairro em Ubá. PCMG realiza Operação Fenix e efetua flagrantes Polícia Civil/MG


Divulgação/PCMG



A Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG) e a Polícia Militar de Minas Gerais deflagraram, na quinta-feira (28), a 'Operação Fênix', no bairro São Domingos, em Ubá.

A ação teve como objetivo o cumprimento de mandados de busca e apreensão e de prisão. O local é conhecido por ser foco de intenso tráfico de drogas e conta com um dos mais elevados índices de criminalidade no município.

11 pessoas, arsenal e dinheiro

A ação resultou na prisão de 11 pessoas, arrecadação de um revólver calibre.38, cinco munições intactas calibre.38, cinco celulares,um rádio HT com quatro bases carregadoras de rádio HT; 11 pedras grandes de substância semelhante a crack, 37 pedras pequenas do mesmo entorpecente; três buchas de substância idêntica a maconha, grande quantidade pinos vazios comumente usados para armazenar drogas; duas balanças de precisão; uma faca, três chaves adaptadas como michas, aproximadamente R$ 3.073; uma motocicleta, além de três celulares com ocorrência de furto/roubo.

A operação terá três fases: nesta primeira teve como objetivo de reprimir o crime organizado que controla a comunidade por meio do cumprimento dos mandados de busca e apreensão e de prisão de indivíduos foragidos na comunidade.

Na segunda fase, a Polícia Militar manterá a ocupação e pacificação do local e na terceira fase em que os demais órgãos públicos serão instados e contribuir com a melhoria da qualidade de vida e da dignidade da população por meio de trabalhos de limpeza, urbanização de ruas e lotes vagos, assim como com a melhoria das condições de iluminação pública.

O Delegado Regional Diego Candian ressalta a necessidade de se resgatar a história de Ubá como ¿Cidade Carinho¿, apelido conferido ao município em virtude de ambiente pacífico e de sua gente acolhedora. No mesmo sentido o Delegado Titular da Delegacia Antidrogas e Homicídios Alexandrino Rosa de Souza comentou que a operação teve o objetivo de passar a mensagem à população de que o crime não irá controlar a comunidade.

Ressalte-se a importância do trabalho integrado entre as instituições com o apoio da comunidade do bairro.

Os envolvidos foram conduzidos à sede da 2ª Delegacia Regional de Polícia Civil para a lavratura dos respectivos APFD's pela Autoridade Policial competente.



Veja a reportagem na fonte.



Curta, comente e publique direto no Facebook

Mais lidas últimos 30 dias


Vídeos do Portal

Promoções







Mais ofertas!