Polícia Civil faz operação, surpreende e prende um dos maiores traficantes de Contagem no ´Tijolinho´ Polícia Civil/MG


Delegados Christiano Xavier e Wesley Campos. Foto: PCMMG



A Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG) desencadeou, na última sexta-feira (20), a operação "Tijolinho", que culminou na prisão de Adriano Simão Bonifácio, 32 anos, apontado como um dos principais traficantes de drogas na região de Contagem, Região Metropolitana de Belo Horizonte. Um adolescente de 17 anos, que agia em associação com o suspeito, também foi apreendido.

As investigações indicaram que os suspeitos se associavam para controlar o tráfico de drogas no bairro Riacho, mais precisamente na localidade conhecida por “Tijolinho”, tendo extensão no aglomerado conhecido por “Favela do Marimbondo”. Conforme informações do Delegado Wesley Geraldo Campos, responsável pelas investigações, a dupla presa durante a operação, juntamente com os foragidos e procurados pela Polícia André Henrique Bonifácio e Wanderson Bonifácio, adquiriu grande quantidade de narcóticos na cidade do Rio de Janeiro, armazenando os entorpecentes em prédios do aglomerado. "O adolescente apreendido confessou, inclusive, que recebia de Adriano a quantia de R$ 200 para armazenar drogas em sua casa. Depois, uma terceira pessoa o procurava através do WhatsApp e pegava as drogas para distribuição", informou.

Durante o cumprimento de mandados de busca e apreensão, foram arrecadados dois quilos de maconha, mais de R$ 6 mil em dinheiro, um veículo avaliado em R$ 50 mil, um drone utilizado pelos investigados para vigiar a entrada de policias na localidade e vários toners de impressora produto de roubo.

Os investigados presos responderão pelos crimes de tráfico de drogas (pena de 5 a 15 anos de prisão); associação criminosa (pena de 1 a 3 anos); lavagem de dinheiro (pena de 3 a 10 anos) e corrupção de menores (pena de 1 a 4 anos).

Adriano Bonifácio já possuía extenso registros policiais pelos crimes de tráfico de drogas, quando em 2012 a Polícia estourou um laboratório de refino de cocaína; lavagem de dinheiro, sendo apreendida uma embarcação tipo lancha, também em 2012; e porte ilegal de arma de fogo, em 2016.

O Delegado Regional de Contagem, Christiano Xavier, destacou a importância da operação para a repressão do tráfico de drogas na cidade. "Foi um duro golpe contra o tráfico de drogas na região do Riacho, uma vez que tiramos de circulação na localidade um dos principais traficantes, que contava com um forte aparato para tentar confrontar a Polícia, inclusive com o uso de um drone", disse. "As investigações continuam, e vamos utilizar de todos os recursos de inteligência invetigativa para analisar o enriquecimento que o suspeito teve nos últimos anos. Obtivemos, inclusive, informação de que ele estaria até construindo uma mansão em uma cidade próxima", finalizou.

As investigações foram conduzidas pela 4ª Delegacia de Contagem, sob a coordenação do Delegado Wesley Geraldo Campos.



Veja a reportagem na fonte.



Curta, comente e publique direto no Facebook

Mais lidas últimos 30 dias


Anúncios [1314 - desktop]



Vídeos do Portal

Promoções







Mais ofertas!