Homem consegue na justiça a vaga no INSS após ser desclassificado como afro-descendente no concurso [Portal VozdoCLIENTE]

Homem consegue na justiça a vaga no INSS após ser desclassificado como afro-descendente no concurso Link Externo




Do Programa Via Legal:

Imagine passar em primeiro lugar em um concurso público e ser impedido de continuar na seleção por uma dúvida a respeito da cor da sua pele.

Aconteceu com um rapaz no sul do país.

Ele foi aprovado como cotista para uma vaga no INSS, mas a comissão avaliadora não viu características da raça negra nele e tirou o candidato da disputa.

O homem não aceitou e procurou a Justiça.

A avaliação se baseou em uma foto tirada por ele mesmo e enviada, sem considerar sua documentação.

Na reportagem de Marcelo Magalhães os detalhes da decisão do Tribunal Regional Federal da 4ª Região. Com base nas fotos apresentadas, o candidato pode ser classificado no mínimo, como de cor parda.

E a liminar foi concedida por perigo de dano irreparável ao autor.



João Carlos de Souza consegiui a vaga na justiça



Curta, comente e publique direto no Facebook

Mais lidas últimos 30 dias


Anúncios [3520 - desktop]