Agende visitas mediadas! Museus de BH tem projetos que ampliam conhecimento de grupos nos museus municipais Prefeitura BH/MG


Prefeitura de BH. Foto: Divulgação PBH



Um museu é um espaço privilegiado para oferecer ao visitante, em um mesmo local, exposições temáticas referentes ao recorte do equipamento além de várias atividades conexas. Para isso, pode muitas vezes utilizar não só suas dependências internas como também seu entorno, como os jardins, por exemplo.

Dessa forma, o público pode conhecer e revisitar obras de artistas consagrados e iniciantes, como também utilizar outros serviços. Nos museus municipais de Belo Horizonte, o público tem à disposição, além de bibliotecas especializadas, centro de documentação espaços para atrações artísticas, como o Projeto Educativo.

Espaço para ampliação do conhecimento, o Projeto Educativo oferece atrações que potencializam a experiência do visitante a partir de atividades como oficinas, palestras e encontros. Entre as atividades mais procuradas nos sete museus públicos municipais da capital estão as “visitas mediadas”.

Centro-Sul e região Leste

No Museu Histórico Abílio Barreto (MHAB), as visitas mediadas são intituladas “Descobrindo o Museu”. Elas podem seguir linhas temáticas variadas, estando ou não diretamente ligadas às exposições em cartaz. Já no Museu da Moda (Mumo), o público pode visitar tanto às exposições como também ter acesso à memória patrimonial e cultural do próprio edifício histórico que abriga o Mumo. O edifício de arquitetura neogótica foi inaugurado em setembro de 1914. 

Já os amantes da sétima arte não podem deixar de visitar o MIS BH e o MIS Cine Santa Tereza, onde, a partir das visitas mediadas, o púbico tem acesso a objetos e equipamentos que contam a história do cinema e ainda pode participar de sessões de filmes. 

Pampulha

No Museu de Arte da Pampulha (MAP), as visitas mediadas abarcam tanto as exposições como ao próprio museu. Dessa forma, o visitante pode se aprofundar no entendimento da arte contemporânea, como também desfrutar do prédio construído em 1943, a primeira obra concluída do Conjunto Arquitetônico da Pampulha, projetado pelo arquiteto Oscar Niemeyer, Patrimônio Mundial da Humanidade. No Museu Casa Kubitschek, além das exposições, os visitantes vão conhecer a história de uma casa modernista por meio de espacializações, objetos e estímulos sensoriais. 

Já na Casa do Baile, as visitas mediadas são marcadas por encontros dialógicos, nos quais podem ser abordados distintos aspectos e temáticas relacionados ao Conjunto Moderno da Pampulha, à própria Casa do Baile ou à exposição em cartaz.  

Visitantes

Marta Ferreira, professora da Escola Municipal Joaquim dos Santos (Regional Venda Nova), levou seus alunos em uma visitas mediada no MIS BH “Ao visitarmos o Museu da Imagem e do Som – MIS, oportunizamos aos alunos da Educação de Jovens e Adultos (EJA - Múltiplas Idade e Juvenil), o contato e a vivência com a arte cinematográfica, ampliando a competência do olhar e o entendimento da arte de filmar, do valor de fazer e preservar imagens”, destacou.


Paulo Sérgio Damascena, coordenador pedagógico, EJA - Escola Municipal Sérgio Miranda (Regional Norte), também destacou a atividade. “Todos – professores e estudantes - gostaram muito da visita ao museu, que proporcionou aos alunos conhecimentos da parte técnica da produção de imagem e movimento. Consideramos a abordagem foi bem fluída, ocorreu diálogo com os alunos e foi muito produtivo”, ressaltou.

De acordo com Fabíola Moulin, diretora de Museus da Fundação Municipal de Cultura, o Projeto Educativo é um trabalho fundamental realizado nos museus. “Nessas atividades, o público é estimulado a participar ativamente da troca de conhecimentos inerentes aos conteúdos das exposições e na construção de sentidos. O educador do museu apenas media a visita e não se apresenta como o único detentor daqueles saberes”, explicou. 

Segundo a diretora, os acervos, além das inquestionáveis simbologias impressas, têm significância diferenciada para cada visitante de acordo com seu arcabouço cultural e sua memória histórico-afetiva. “A visita no formato mediado valoriza e amplia essa visão socioeducativa da visita e possibilita uma nova experiência ao visitante,” concluiu.
  


Museus

Informações e agendamentos

Museu Histórico Abílio Barreto (MHAB) - Avenida Prudente de Morais, 202, bairro Cidade Jardim 
Telefones: (31) 3277-8573 3277-8572 - E-mail: mhab.fmc@pbh.gov.br

Museu da Moda  (MUMO) – Rua da Bahia, 1.149 – Centro 
Telefones: (31) 3277-9248 3277-4384 – mumo.fmc@pbh.gov.br
 
Museu da Imagem e do Som de Belo Horizonte  (MIS-BH) - Av. Álvares Cabral, 560 – Lourdes 
Telefones: (31) 3277-4131/ 3277-6330 - E-mail: mis.fmc@pbh.gov.br  

MIS Cine Santa Tereza - Rua Estrela do Sul, 89, Santa Tereza – Centro 
Telefones: (31) 3277-4699 / 3277-8651 / 3277-4714 -E-mail: mis.fmc@pbh.gov.br

Museu de Arte da Pampulha (MAP) - Av. Otacílio Negrão de Lima, 16585 - Jardim Atlântico,  Pampulha. 
Telefones: (31) 3277-7946 / 7996 map.fmc@pbh.gov.br

Museu Casa Kubitschek - Avenida Otacílio Negrão de Lima, 4.188, Bandeirantes – Pampulha 
Telefones: (31) 3277-1586 / 3277-7993 / 3246-0309 -E-mail: ck.fmc@pbh.gov.br

Museu Casa do Baile – Avenida Otacílio Negrão de Limas, 751, Pampulha
Telefones: (31) 3493-0759 – cb.fmc@pbh.gov.br



Veja a reportagem na fonte.



Curta, comente e publique direto no Facebook

Mais lidas últimos 30 dias


Anúncios [640 - desktop]






Vídeos do Portal

Promoções







Mais ofertas!