Como fica a situação escolas, ônibus, metrô e abastecimento neste terça-feira na Grande BH e estado de MG? Portal VozdoCLIENTE


Órgãos públicos estão afetados. Mesmo que a greve seja interrompida o abastecimento já está comprometido



Transporte público

Ônibus DER

O Sistema de Transporte Metropolitano volta a operar com o quadro de horários de dia útil nesta terça-feira (29/05). O transporte metropolitano de Belo Horizonte opera com uma frota de 2.643 veículos, 645 linhas e transporta uma média de 660 mil passageiros/dia. Deste total, uma média de 12 mil passageiros/dia utilizam a integração com o metrô, que é feita por 235 linhas.

A frota empenhada na operação na manhã desta segunda-feira , que se repetirá à tarde, é equivalente a 80% da que circula nos dias úteis.

Metrô de BH

Os metroviários estão com greve prevista para esta terça (29) com funcionamento de apenas 4 horas. Mas a categoria está reunida nesta tarde para definir os rumos da greve (atualizaremos com comentários direto no facebook abaixo)

Prefeitura de BH: ponto facultativo até quarta-feira, dia 30/5, aulas retornam dia 04/06

O prefeito Alexandre Kalil anunciou, na manhã de segunda-feira, dia 28 de maio, que, em razão dos reflexos do risco de desabastecimento de combustível, o ponto facultativo nos órgãos e entidades do Poder Executivo será estendido para terça e quarta-feira, dias 29 e 30/5. 

Como na quinta-feira, dia 31/5, é feriado de Corpus Christi e na sexta-feira, 1º de junho, já havia sido decretado ponto facultativo, a Prefeitura retoma o funcionamento normal na segunda-feira, dia 4 de junho. Já o transporte público e os serviços de limpeza urbana, como informou o prefeito, serão normalizados a partir de terça, dia 29/5. 

Durante o ponto facultativo, as escolas municipais não terão aula e os centros de saúde vão operar em escalas de 50% dos trabalhadores no horário normal de funcionamento. O prefeito reiterou que os serviços de urgência e emergência, hospitais e Unidades de Pronto Atendimento (UPAs), funcionarão normalmente na capital.

“Graças a Deus, a Prefeitura tem toda a situação sob controle. Mas, como a questão alimentar e social poderia se tornar muito grave, tomamos a decisão de decretar o ponto facultativo. Quero tranquilizar a população de Belo Horizonte, porque o transporte coletivo e a limpeza urbana serão normalizados nesta terça-feira e, na segunda-feira (dia 4/6), o funcionamento de todos os órgãos da Prefeitura será normalizado”, afirmou o prefeito.

Prefeitura de Contagem

Até sexta-feira, 01 de junho, está decretado ponto facultativo. Estão mantidos apenas os atendimentos de urgência e emergência. Portanto, unidades de ensino e UBSs ficam fechadas. Qualquer dúvida, estamos à disposição, diz nota na Prefeitura no Facebook.

Esmeraldas, Ribeirão das Neves, Nova Lima e Ibirité

Já a Prefeitura de Esmeraldas disse que embora tenha cumprido o dia útil normal nesta segunda-feira, as escolas municipais continuaráo sem aula nesta terça, dia 29.

Na mesma linha uma nota publicada oficialmente pela Prefeitura de Riberão das Neves.

Já a Prefeitura de Nova Lima e também de Ibirité estenderam a suspensão: aulas só voltam na semana que vem (04/06).

Escolas Estaduais

Também o governador de Minas Gerais decretou ponto facultativo nos órgãos públicos até a sexta-feira. Assim, as escolas estaduais também não terão aula esta semana.

Demais municípios mineiros

A tendência é de que vários municípios de Minas (e outros no país) sigam essa orientação já que o abastecimento, mesmo se retomado neste terça, já está comprometido seja na questão alimentação ou outros recursos materiais - das escolas, centros, atendimentos, postos - seja na questão dos combustíveis.

Mas até o fechamento desta matéria não tivemos informações de algumas cidades da RMBH como Vespasiano, Pedro Leopoldo e Santa Luzia mas é quase certo que serviços e licitações serão adiados uma semana como já declarou a Prefeitura de Sete Lagoas em nota oficial no final da sexta, 25/05.

Petroleiros

A crise de combustível pode se agravar com a entrada na greve, já em algumas refinarias, dos petroleiros já estão cruzando os braços.

Os trabalhadores da Replan, em Paulínia, e da Recap, em Mauá, bases do Sindipetro Unificado dos Petroleiros do Estado de São Paulo (Sindipetro Unificado-SP), vão cruzar os braços nesta segunda-feira (28/05), em solidariedade ao movimento dos caminhoneiros e contra a política de reajuste diário do preço dos combustíveis, imposta pelo presidente da empresa, Pedro Parente. Essa política favorece o mercado internacional e prejudica o povo brasileiro.

Em MG, os petroleiros da Refinaria Gabriel Passos cruzarão os prazos nesta terça-feira já no turno da noite, segundo o SINDIPETRO.


Curta, comente e publique direto no Facebook

Mais lidas últimos 30 dias


Anúncios [698 - desktop]






Vídeos do Portal

Promoções







Mais ofertas!