Polícia autua 42 torcedores por briga na reabertura do Maracanã [Portal VozdoCLIENTE]

Polícia autua 42 torcedores por briga na reabertura do Maracanã Portal EBC


Mais de 65 mil pessoas foram ao Maracanã ver o empate em 2x2 entre Flamengo e Corinthians



Quarenta e dois torcedores do Corinthians foram autuados, ontem (23), pela polícia depois do jogo de reabertura do estádio do Maracanã, no Rio de Janeiro: Flamengo 2x2 Corinthians, pelo Campeonato Brasileiro.

De acordo com a Polícia Civil, 31 são suspeitos de tentar invadir o espaço reservado para a torcida do Flamengo, depredar o estádio e agredir policiais militares antes do início do jogo. Outros 11 foram autuados por promover tumulto.

Os policiais conseguiram controlar o tumulto com a ajuda de armas não letais, como sprays de pimenta. Quando a partida terminou, os cerca de 3 mil torcedores do time paulista ficaram retidos na arquibancada do estádio até que a polícia analisasse as imagens para identificar os agressores.

Os torcedores ficaram mais de duas horas aguardando a prisão dos suspeitos. O Corinthians divulgou uma nota repudiando a atitude da Polícia Militar, que ele considerou como “covarde”.

Nota do clube paulista critica polícia

“A fim de capturar 40 torcedores que supostamente se envolveram em briga com policiais, a PM aprisionou 3 mil torcedores do Corinthians no Estádio do Maracanã, fez com que todos eles tirassem a camisa e está liberando a saída de cinco em cinco pessoas. É inaceitável que uma briga aconteça dentro do estádio entre alguns torcedores e a polícia e a mesma não tenha capacidade de prender em flagrante os envolvidos, fazendo com que todos os outros corinthianos que lá estejam sejam agredidos como cidadãos” diz a nota.

O Corinthians também pede que a Secretaria de Segurança do Rio de Janeiro puna os policiais militares envolvidos no episódio.

Segundo a Polícia Civil, as 31 pessoas autuadas na Central de Garantias da Polícia Civil por agressão aos policiais terão que se apresentar a audiências de custódia na Justiça. O Maracanã foi utilizado ontem pela primeira vez para um evento esportivo desde a cerimônia de encerramento dos Jogos Paralímpicos Rio 2016, em 18 de setembro.



Veja a reportagem na fonte.



Curta, comente e publique direto no Facebook

Mais lidas últimos 30 dias


Anúncios [693 - desktop]