Cartões-postais recebem iluminação especial para alertar contra o câncer de mama [Portal VozdoCLIENTE]

Cartões-postais recebem iluminação especial para alertar contra o câncer de mama Portal Brasil


Campanha alerta para diagnóstico precoce, já que doença corresponde a 25% dos casos de câncer entre mulheres no País



Neste mês de outubro, alguns dos principais cartões-postais do País recebem uma iluminação especial na cor rosa para marcar a luta contra o câncer de mama. A campanha mundial faz um alerta às mulheres e à sociedade sobre a importância do diagnóstico precoce da doença.

As torres e cúpulas do Congresso Nacional em Brasília se unem, nesta terça-feira (4), ao restante do planeta na campanha que foi batizada de Outubro Rosa em homenagem à cor do laço rosa, ícone que simboliza a luta contra a doença. Além do Congresso, o Palácio do Planalto e a Catedral receberão iluminação especial durante o mês inteiro, assim como a Esplanada dos Ministérios.

O Cristo Redentor e o Pão de Açúcar, no Rio de Janeiro, também ganharão luz rosa, alertando as mulheres e a sociedade sobre a importância do diagnóstico precoce do câncer de mama.

A ação tem o apoio da Arquidiocese do Rio de Janeiro, com a iluminação da catedral de São Sebastião. O terraço de um dos hotéis mais famosos, em Copacabana, ganhará decoração especial com vários tons de rosa para chamar a atenção de quem passar pela Avenida Atlântica.

Vários museus do País também participarão da campanha. Entre as instituições que participam da iniciativa estão o Museu de Arte Religiosa e Tradicional de Cabo Frio (RJ), Museu Casa Histórica de Alcântara (MA), Museu Nacional de Belas Artes (RJ) e o Museu Casa dos Ottoni, na cidade de Serro (MG). O Museu Imperial em Petrópolis também já se iluminou para o Outubro Rosa.

No Espírito Santo, o Palácio Anchieta também já está iluminado para o mês especial. Para aderir à campanha, basta que, durante o mês de outubro, os demais monumentos iluminem de rosa suas fachadas ou parte delas ou apenas exibam um facho de luz nesta cor.

História

Criado nos Estados Unidos, o movimento surgiu após o congresso norte-americano adotar outubro como o mês de prevenção do câncer de mama. Para sensibilizar a população, inicialmente as cidades se enfeitavam com laços rosas, principalmente nos locais públicos. Depois surgiram outras ações como corridas, desfiles de moda e jogos.

O ato de iluminar de rosa monumentos, prédios públicos, pontes, teatros e outros pontos turísticos veio posteriormente. Foi uma forma prática para que o Outubro Rosa tivesse uma expansão cada vez mais abrangente para a população e, principalmente, ser replicada em qualquer lugar, bastando adequar a iluminação já existente com um filtro rosa.



Veja a reportagem na fonte.



Curta, comente e publique direto no Facebook

Mais lidas últimos 30 dias


Anúncios [820 - desktop]



Vídeos do Portal

Promoções







Mais ofertas!