Avião A320 que fazia voo Paris-Cairo desaparece quando voava sobre o mar Mediterrâneo com 66 pessoas a bordo. [Portal VozdoCLIENTE]

Avião A320 que fazia voo Paris-Cairo desaparece quando voava sobre o mar Mediterrâneo com 66 pessoas a bordo. Link Externo


Avião da Egyptair semelhante a este decolou e sumiu do radar



Do jornal TheGuardian:

"A Airbus lamenta confirmar que um A320 operado pela Egyptair desapareceu hoje cerca de 2:30h (Egito hora local) ... Nossas preocupações estão sobre todas pessoas afetadas", disse a companhia em um comunicado.

O vôo, que trnasportava 66 pessoas, partiu de Paris na quarta-feira à noite e perdeu o contato com o pessoal de terra às 2h30 hora local  a cerca de 10 milhas (16 km) no interior do espaço aéreo egípcio

O primeiro-ministro egípcio, Sherif Ismail, disse que era muito cedo para descartar qualquer explicação para o incidente, incluindo o terrorismo. "Não podemos excluir nada neste momento ou confirmar nada. Todas as operações de busca devem ser concluídas para que possamos saber a causa. "

A aeronave de 12 anos (Airbus A320-232) voou e estava a cerca de 40 minutos de seu destino. Foi o quinto vôo da aeronave do dia, incluindo viagens para a capital da Eritréia, Asmara, e Tunis.

O incidente renovou preocupações de segurança meses depois de um avião de passageiros russo foi derrubado sobre a Península do Sinai. O avião russo caiu no Sinai em 31 de outubro, matando todas as 224 pessoas a bordo. Moscou disse que foi derrubado por um dispositivo explosivo, e uma filial local do grupo extremista Estado Islâmico reivindicou a responsabilidade.

A marinha, a força aérea egípcia e guarda costeira estão todos envolvidos na busca. A Grécia também se juntou à procura, enviando dois aviões e uma fragata, e disse que tinha helicópteros de prontidão nas operações de resgate caso fosse necessário.

Fontes da Grécia da área de aviação disseram a  Agencia France-Presse, que acredita-se que o avião caiu no mar a 150 milhas (240 km) ao sul da ilha grega de Karpathos, dentro espaço aéreo egípcio.

EgyptAir disse a bordo estavam 30 egípcios, 15 cidadãos franceses, dois iraquianos e uma pessoa de cada um destes países: Grã-Bretanha, Canadá, Bélgica, Sudão, Chade, Portugal, Kuwait, Arábia Saudita e Argélia. Havia também 10 tripulantes, incluindo três agentes de segurança.

Rota do avião até o ponto do último contato, no Mediterrâneo Oriental. Foto:
Reprodução TheGuardian


Parentes de alguns dos passageiros estavam se reunindo no aeroporto Cairo.

O governo francês deve realizar uma reunião de emergência para discutir o desaparecimento do avião. O presidente francês François Hollande falou com o presidente egípcio, Abdel-Fatah el-Sissi, e concordaram em "cooperar estreitamente para estabelecer o mais rapidamente possível as circunstâncias", segundo um comunicado divulgado em Paris.



Veja a reportagem na fonte.



Curta, comente e publique direto no Facebook

Mais lidas últimos 30 dias


Anúncios [2021 - desktop]