Novos radares na BR040 não tem previsão de liberação e serão amplamente sinalizados, diz Via040 [Portal VozdoCLIENTE]

Novos radares na BR040 não tem previsão de liberação e serão amplamente sinalizados, diz Via040 Portal VozdoCLIENTE


A maioria dos radares ainda estão cobertos com plástico, mas a ação do ambiente podem retirá-los, o que é fator de confusão para os motoristas. Foto: Helton



Há vários meses foram implantados uma série de novos radares na BR040, principalmente no trecho CEASA-BH.

De alguns dias para hoje (13/05), usuários começaram a questionar nas redes sociais a aplicação desses novos radares e alguns até alertavam para já multas possíveis.

O portal VozdoCLIENTE questionou a Via040 quanto a aplicabilidade dos mesmos e obteve a seguinte informação:

Os radares que estão em funcionamento são de responsabilidade do DNIT.

Os radares instalados pela Via 040 ainda não estão em funcionamento.

O prazo para início do funcionamento está condicionado a validação realizada pelo órgão regulador (ANTT —Agencia Nacional de Transportes Terrestres).

Antes de funcionarem os mesmos serão amplamente sinalizados e identifcados.


Validando a informação com a PRF, o portal também obteve que tais equipamentos podem estar sendo usados no momento apenas como controle de tráfego (contador de númerode veículos que passam naquele ponto).

Nota do Portal VozdoCLIENTE:

O que observamos nos últimos dias foi que,  funcionários da Via040 fazem roteira manutenção nos equipamentos e, alguns destes equipamentos, até então cobertos com um plástico preto, estão ficando descobertos pela ação do ambiente (sol, chuva, vento, etc) o que pode estar gerando esta confusão nos motoristas.

De qualquer forma, é bom manter a velocidade dentro dos padrões da via (a maior parte é 70km/h entre Neves-BH) tanto por evitar multas - a rodovia está sujeita a fiscalização com radar móvel, inclusive - quanto e, principalmente, por segurança já que o trecho é de alto fluxo de veículos durante todos os dias, praticamente.

No último dia 8, um acidente grave matou 1 pessoa e feriu 6 (veja artigo), próximo ao CEASA, em uma combinação de fatores ainda não totalmente esclarecida, mas, com certeza, a velocidade empreendida por pelo menos um dos motoristas contribuiu para a tragédia.


Curta, comente e publique direto no Facebook

Mais lidas últimos 30 dias


Anúncios [2256 - desktop]