Sada Cruzeiro é recebido na escola Funec Centec [Portal VozdoCLIENTE]

Sada Cruzeiro é recebido na escola Funec Centec Otempo





A equipe de vôlei do Sada Cruzeiro continua arrastando uma legião de fãs por onde passa. Depois da conquista do quarto título da Superliga Masculina, na vitória sobre o Vôlei Brasil Kirin-SP, de Campinas, por 3 sets a 1, domingo passado, o time apoiado pela Prefeitura de Contagem, foi recebido pelo prefeito Carlin Moura e ovacionado por estudantes da Funec Centec, que lotaram o auditório da instituição, na tarde de terça-feira (12/4), para ver de perto seus ídolos.

Além do troféu, o título nacional encerrou com louvor a temporada da equipe, que também conquistou o hexacampeonato Mineiro, o bicampeonato da Copa Brasil, o tri Sul-Americano, a inédita Supercopa e o bicampeonato Mundial. 

Parte do bom desempenho do clube passa pelas mãos do técnico argentino Marcelo Mendez, que com a vitória, se tornou o treinador que mais coleciona troféus da competição brasileira. Para ele, jogar finais e fechar com chave de ouro tornou a temporada mais que vitoriosa. "Todos estão de parabéns. É o resultado de um trabalho em equipe".

Em nome do grupo, o jogador Serginho também falou da satisfação de comemorar com a torcida a conquista de mais um título da superliga. "Estar aqui hoje é uma forma de retribuir o carinho recebido nas quadras". Ao final do encontro, o público se acotovelou nas filas para a sessão de fotos e de autógrafos. O estudante do 3° ano de Farmácia, Luciano Henrique dos Santos Couto, 17, foi um dos que comemoraram a oportunidade. "Estudamos em horário integrado, então quando acontece um evento que quebra um pouco o cotidiano nós ficamos muito empolgados. A visita do Sada foi uma surpresa, e isso me deixou muito feliz, porque além de ser cruzeirense, acompanhei quase todos os jogos de vôlei desta temporada, mas até então não tinha tido oportunidade de tirar fotos nem pedir autógrafo".

A aluna do 1° ano de Química, Yasmim Cândido, 16, aprovou a visita do time tetra campeão. "A educação faz parte da formação humana, por isso acredito que têm que ir além do acadêmico. A ideia de trazer um time de campeões mundiais ao Centec nos motiva a sempre lutar pelo que sonhamos", assegurou Yasmim.



Veja a reportagem na fonte.



Curta, comente e publique direto no Facebook

Mais lidas últimos 30 dias


Anúncios [1187 - desktop]