Recursos do Governo do Estado fortalecem rede de saúde da região Central de Minas Gerais [Portal VozdoCLIENTE]

Recursos do Governo do Estado fortalecem rede de saúde da região Central de Minas Gerais Agência Minas





O Instituto do Câncer do Hospital Imaculada Conceição, em Curvelo, região Central de Minas, começa a funcionar oficialmente no dia 4 de janeiro de 2016. A nova unidade, inaugurada no início deste mês, contou com recursos da ordem de R$ 2,2 milhão do Governo do Estado.

Parte desses recursos foi destinada à conclusão das obras e outra à compra de equipamentos, sendo que o último repasse, em 2015, foi no valor de R$ 801,9 mil. O Instituto do Câncer, uma edificação anexa ao Hospital Imaculada Conceição, possui 1,7 mil m² de área construída, com alas ambulatorial e para realização de quimioterapias. As especialidades a serem atendidas são das áreas de mastologia, urologia, cirurgia geral e ginecologia.

Segundo a diretora administrativa, Rossana Souto Fargnoli, quando estiver operando de forma plena, a unidade oncológica terá capacidade para realizar, por ano, 650 cirurgias de câncer e 5,3 mil sessões de quimioterapia. “Todo hospital passou por uma restruturação. Em dezembro, enfermeiros, médicos, psicólogos e farmacêuticos fizeram treinamento e a instituição está pronta para o atendimento dos pacientes”, afirma Rossana Fargnoli.

O Hospital Imaculada Conceição, instituição de caráter filantrópico, atende 80% dos pacientes pelo Sistema Único de Saúde (SUS) e é integrante da Rede Resposta às Urgência e Emergência do Estado de Minas Gerais. O hospital faz parte da Região Ampliada de Saúde (RAS) da região Central, que abrange uma população de 6,5 milhões de habitantes.

Fortalecimento da rede hospitalar

Em Curvelo, além do Imaculada Conceição, o Hospital Santo Antônio também tem sido contemplado com recursos dos programas do Governo do Estado. Do PRO-HOSP, por exemplo, o total do repasse para as duas instituições somará, até o final de 2015, cerca de R$ 1,5 milhão.

As duas unidades hospitalares de Curvelo ainda estão na lista dos 136 hospitais beneficiados com recursos liberados, na primeira quinzena de dezembro, pela Secretaria de Estado da Saúde (SES) e Conselho de Secretarias Municipais de Saúde de Minas Gerais (Cosems-MG).  Os valores direcionados ao Hospital Imaculada Conceição e ao Hospital Santo Antônio giram em torno de R$ 472,5 mil. 

Os recursos fazem parte de saldo remanescente da antiga gestão do Estado encontrados no Fundo Estadual de Saúde no início do ano. Durante todo o ano, a SES e o Cosems discutiram com os municípios a melhor forma de destinação dos valores, que acrescem aos recursos já destinados pela SES e governo federal nos diversos programas existentes. O resultado contempla 45% dos leitos gerais sem UTI e 69% dos leitos de UTI-SUS do Estado.

Metade dos recursos foi destinado conforme o número de diárias das Autorização de Internação Hospitalar (AIH) de média complexidade e a outra metade com base no percentual de incentivo já recebido (programas estaduais e federais) em relação à produção de média complexidade de cada hospital.

“Excluímos hospitais privados com fins lucrativos e alguns que já receberam recursos extras este ano”, disse Maria do Carmo, subsecretária de Regulação em Saúde. Os critérios também atendem às discussões da nova política hospitalar do Estado, que vem sendo elaborada, e atendem aos critérios principais de fortalecer os hospitais que são referência nas regiões de saúde.



Veja a reportagem na fonte.



Curta, comente e publique direto no Facebook

Mais lidas últimos 30 dias


Anúncios [2004 - desktop]



Vídeos do Portal

Promoções







Mais ofertas!