Bomba que derrubou avião no Egito foi ato foi terrorista [Portal VozdoCLIENTE]

Bomba que derrubou avião no Egito foi ato foi terrorista Jornal do Brasil





O Serviço de Segurança Federal da Rússia (FSB) disse nesta terça-feira (16) que a queda do avião russo sobre a Península do Sinai, no Egito, em 31 de outubro foi um ato terrorista. De acordo com o serviço russo, uma bomba explodiu a bordo, conforme o "JB" antecipou, em nota. A perícia encontrou traços de explosivos nos destroços da aeronave.

O avião da companhia aérea russa Metrojet, caiu pouco após decolar do litoral do Egito com destino a São Petersburgo, na Rússia. Os 224 passageiros morreram. O Estado Islâmico reivindicou a autoria da ação.

Segundo o chefe do serviço de segurança, Aleksandr Bortnikov, a bomba tinha 1 kg de TNT.

Putin disse que irá perseguir os responsáveis pelo ataque. "Nós vamos procurá-los em todos os lugares, não importa aonde estiverem escondidos. Vamos encontrá-los em qualquer lugar do mundo e puni-los".    

As primeiras investigações revelaram que o avião se partiu no ar pouco depois de decolar. A empresa aérea negou, na época,  qualquer problema técnico.

Na semana seguinte à queda do avião, o governo britânico tinha terminado a suspensão dos voos comerciais para a região diante da suspeita de que uma bomba havia sido colocada na bagagem do avião russo.



Veja a reportagem na fonte.



Curta, comente e publique direto no Facebook

Mais lidas últimos 30 dias


Anúncios [973 - desktop]



Vídeos do Portal

Promoções







Mais ofertas!