PF desarticula organização criminosa que fraudava cartões de crédito [Portal VozdoCLIENTE]

PF desarticula organização criminosa que fraudava cartões de crédito Polícia Federal (DPF)





Minas Gerais/MG - A Polícia Federal em Minas Gerais (MG) deflagrou hoje (20) a investigação “American Dream”, que desarticulou uma organização criminosa que fraudava cartões de crédito da Caixa Econômica Federal e os usava para comprar produtos no exterior, que eram revendidos no Brasil.
Foram cumpridos 13 mandados de prisão preventiva, 19 de busca e apreensão e um de condução coercitiva nos estados de Minas, Paraná, Rio de Janeiro e Espírito Santo.
Para que um cartão seja usado fora do Brasil, é preciso que seu titular contate a central de atendimento da instituição financeira e realize a “autorização para compras em viagem internacional”. Os criminosos se passavam pelos titulares dos cartões fraudados na hora de proceder a essa autorização.
A investigação teve início em novembro de 2014, objetivando apurar a autoria e comprovar a materialidade dos crimes de falsificação de documento particular; estelionato qualificado; descaminho e contrabando; integrar associação criminosa com atuação transnacional; além de vários indícios de prática de lavagem de dinheiro.
A estimativa do prejuízo aos cofres da Caixa foi de cerca de 20 milhões de reais em apenas 20 meses. Os fraudadores atrairam funcionários do banco e aliciaram laranjas, em nome dos quais confeccionaram cartões internacionais fraudados, com limites de crédito muito acima do poder aquisitivo dos aliciados.
O nome da investigação faz referência ao sonho norte-americano de prosperidade, pois, por meio da fraude milionária, os criminosos levavam uma vida ilusória com um dinheiro que não lhes pertencia.
 



Veja a reportagem na fonte.



Curta, comente e publique direto no Facebook

Mais lidas últimos 30 dias