Menina de 7 anos quer abrir biblioteca pública no interior de Alagoas [Portal VozdoCLIENTE]

Menina de 7 anos quer abrir biblioteca pública no interior de Alagoas Yahoo Notícias


Eu sempre gostei de ler, mas na minha cidade não tem biblioteca, aí a pessoa não consegue ler nenhum livro. Além disso, a gente que mora no Sítio Encruzilhada, fica longe da cidade e não tem como ir lá sempre que quer”, conta Mell.



Ana Araújo Rocha Silva, de apenas 7 anos, chamada carinhosamente de Ana Mell, sonha como gente grande: quer montar na garagem de casa uma biblioteca pública aberta a qualquer pessoa interessada em desvendar o mundo.

Estudante de uma escola pública do interior de Alagoas, em Mata Grande, Ana Mell sente falta de um lugar para fazer consultas de trabalhos escolares e, também, para que a população da zona rural da cidade tenha acesso a um lugar gratuito de aprendizado e diversão.

“Eu sempre gostei de ler, mas na minha cidade não tem biblioteca, aí a pessoa não consegue ler nenhum livro. Além disso, a gente que mora no Sítio Encruzilhada, fica longe da cidade e não tem como ir lá sempre que quer”, conta Mell.

Apesar da pouca idade, a pequena tem um plano para realizar esse sonho. Ela conta que no sítio onde mora existe um galpão que pode ser usado para instalar a biblioteca: “No sítio do meu avô tem um galpão que ele já deixou que eu fizesse a biblioteca lá. Eu vou deixar todo mundo pegar os livros emprestados e não vou cobrar nada para isso”.

Chama nossa atenção o fato de Mell ter tido essa ideia sozinha, sem sofrer influência direta de nenhum parente adulto, como podemos ver na carta que ela escreveu para uma tia onde pede alguns livros:

O tio Marcos Assunção é só elogios à iniciativa da sobrinha: “Ela é uma fofinha. Não tem como a gente não ficar comovido com uma história como essa. Imagina uma criança de sete anos que pede ajuda para construir uma biblioteca para a comunidade? Como não ajudar ela a conseguir?”.

Bom, se você adorou a ideia e quer ajudar Ana Mell a montar a biblioteca, é só ligar no número (82) 9125-5138, ou para o tio dela, Marcos Assunção, no (82) 9979-5959 ou através da página Biblioteca da Mell, no Facebook.



Veja a reportagem na fonte.



Curta, comente e publique direto no Facebook

Mais lidas últimos 30 dias


Anúncios [2293 - desktop]



Vídeos do Portal

Promoções







Mais ofertas!