Vítima de pegadinha do metrô ganhou R$ 70 para participar de gravação [Portal VozdoCLIENTE]

Vítima de pegadinha do metrô ganhou R$ 70 para participar de gravação Yahoo Notícias




Aurileide Silvestre Gomes, a mulher que aparece dando bolsada em um dos zumbis da pegadinha do ‘Programa Silvio Santos’, revelou que não sabia que estava participando da gravação de uma pegadinha. “Fui convidada para participar de um teste do metrô, testar o ar-condicionado e avaliar o serviço. Eles pagaram R$ 70 e como estava precisando comprar um liquidificador, esse dinheiro me serviu. E também queria conhecer o metrô, era uma novidade, nunca tinha andado. Tão chique, tão bonito, a cara da riqueza. Ia passear de metrô, testar o metrô e ainda ganhar R$ 70, oh tá bom demais”, contou a cearense em entrevista ao ‘UOL’.

Aurileide também contou que morre de medo de filmes de terror e não teria aceitado participar da brincadeira se soubesse que teria que encarar zumbis. “Se eu soubesse que era uma pegadinha não tinha participado, morro de medo de filme de terror, não assisto nem o Chucky. Minha bolsa estava bem cheia mesmo, saio para resolver as coisas e carrego tudo, tinha até uma bíblia, mas não sabia se podia bater. O zumbi apanhou de bíblia, pelo menos ficou abençoado”, disse ela.

A gravação da pegadinha ocorreu de madrugada na estação Chico da Silva, em Fortaleza, e provocou uma saia justa no governo cearense. O secretário das Cidades solicitou uma investigação sobre quem autorizou tal gravação. Segundo a ‘Folha de S. Paulo’, o SBT teria pago para usar o metrô, mas não divulgou que órgão recebeu o pagamento.

Assista o vídeo com a pegadinha e os bastidores:



A pegadinha causou saia justa no governo cearense, que não sabe quem autorizou a gravação no metrô (Reprodução/ SBT)




Veja a reportagem na fonte.



Curta, comente e publique direto no Facebook

Mais lidas últimos 30 dias


Anúncios [1582 - desktop]



Vídeos do Portal

Promoções







Mais ofertas!