Professora engana instituição de ensino superior em Portugal e deu aula por dois anos! [Portal VozdoCLIENTE]

Professora engana instituição de ensino superior em Portugal e deu aula por dois anos! Correio da Manhã


Lurdes Gameiro é julgada no Tribunal de Leiria



Durante mais de dois anos, entre 2010 e 2013, Lurdes Gameiro, de 42 anos, deu aulas no Instituto Superior de Línguas e Administração (ISLA) de Leiria, nas áreas de Engenharia e Segurança no Trabalho. Segundo a gerente e o diretor da instituição de ensino, a mulher apresentou um "currículo falso" e "falsificou" os certificados que lhe conferiam licenciatura e doutoramento nas universidades de Coimbra e Aveiro. Ontem, começou a ser julgada no Tribunal de Leiria pelos crimes de burla qualificada, falsificação de documento e usurpação de funções. As habilitações de Lurdes Gameiro levantaram suspeitas em 2013, quando o ISLA preencheu o Registo Biográfico dos Docentes, obrigatório para as instituições de ensino superior. Segundo contou ao tribunal Goreta Gaio, que era, à altura dos factos, gerente do ISLA de Leiria, face às dúvidas, a instituição de ensino de Leiria contactou as universidades de Aveiro e Coimbra, constatando que a mulher não tinha, sequer, licenciatura. Carlos Silva, actual diretor da instituição de ensino, explicou, por seu turno, que se Lurdes Gameiro tivesse referido as reais habilitações no currículo "não teria sido contratada". Adiantou que, no período em que deu aulas, a mulher não foi alvo de nenhuma queixa por parte de alunos ou de outros docentes. As notas que Lurdes Gameiro deu aos alunos vão ser reavaliadas, segundo a Inspeção-Geral de Educação e Ciência. Alegando estar doente, a mulher esteve ontem ausente na primeira sessão do julgamento, que prossegue no dia 19.

Ler mais em: http://www.cmjornal.xl.pt/nacional/portugal/detalhe/falsa_professora_deu_aulas_2_anos.html



Veja a reportagem na fonte.



Curta, comente e publique direto no Facebook

Mais lidas últimos 30 dias