Espécies em risco de extinção nascem no Zoológico de Belo Horizonte [Portal VozdoCLIENTE]

Espécies em risco de extinção nascem no Zoológico de Belo Horizonte Otempo


Filhotes de ararinha-maracanã



Este foi um ano produtivo para o Zoológico de Belo Horizonte. É que além dos dois gorilinhas nascidos nos últimos meses, a Fundação Zoo-Botânica da capital (FZB-BH) divulgou nessa quarta-feira (17) o total de nascimento de aves no local, entre elas, três grous-coroados, um cisne branco e uma ararajuba, espécies ameaçadas de extinção.

Além deles, também vieram ao mundo em 2014 três novas tadornas-ferrugem, três ararinhas-maracanã e um curicaca

Segundo a FZB-BH, o clima da primavera, estação vigente, ajuda a reprodução das aves porque há, nesta época, uma maior oferta de flores, frutos, insetos e sementes, que servem como alimento para estes animais.

De acordo com a bióloga e chefe de seção das aves da FZB-BH,  Ângela Faggioli, os jardins zoológicos também servem para propiciar a reprodução das espécies em cativeiro. “Esses nascimentos são importantes, pois essa é nossa forma de contribuir para a conservação de espécies que estão ameaçadas de extinção”, comentou.

O presidente da FZB-BH, Jorge Espeschit, destaca a relevância da notícia em termos da conservação ambiental. “Os esforços da Fundação Zoo-Botânica estão sempre voltados para a educação ambiental e para a preservação das espécies da fauna e da flora. Nesse sentido, a reprodução das aves sinaliza que estamos no caminho certo”, afirmou.

Quem são os filhotes

- Grou-coroado: é uma das aves consideradas ameaçadas de extinção em nível mundial. Em março deste ano, nasceram no Zoológico de BH três filhotes, que hoje já são jovens.

- Tadorna-ferrugem: são aves exóticas, encontradas na Ásia, que se reproduzem muito bem na FZB-BH. Em outubro foi registrado o nascimento de três filhotes.

- Ararinha-maracanã : ave brasileira, que se reproduz pela primeira vez no Zoológico de BH. Os três filhotes, nascidos em setembro, estão grandes e já saíram do ninho.

- Ararajuba: ave brasileira ameaçada de extinção. O único filhote, nascido em outubro, está no início da plumagem e dependendo dos pais para aquecimento e alimentação.

- Cisne-branco: espécie exótica que ocorre na Europa e Ásia. O único filhote, que nasceu em outubro, foi reproduzido artificialmente. O ovo foi incubado na chocadeira, depois de os pais abandonarem o ninho.

- Curicaca: espécie brasileira, de ocorrência no Cerrado. O filhote, nascido em setembro, é filho de pais que foram oriundos de resgate de fauna. Na ocasião, o Zoológico da FZB-BH recebeu ovos para incubar e nasceram os filhotes, que foram criados artificialmente. Hoje, esses adultos já estão se reproduzindo no Zoo. Esse é um bom exemplo de preservação da espécie.



Veja a reportagem na fonte.



Curta, comente e publique direto no Facebook

Mais lidas últimos 30 dias


Anúncios [2829 - desktop]



Vídeos do Portal

Promoções







Mais ofertas!