Goleiro do Atlético/MG é denunciado por ato desleal
Goleiro do Atlético/MG é denunciado por ato desleal
pos: Goleiro do Atlético/MG é denunciado por ato desleal -- [Portal VozdoCLIENTE]

Goleiro do Atlético/MG é denunciado por ato desleal -- STJD


Expulso na partida contra o Sport, Victor será julgado pela Terceira Comissão Disciplinar do STJD.



O Atlético/MG tem um novo compromisso agendado no Superior Tribunal de Justiça Desportiva do Futebol (STJD). Na próxima quarta, dia 12 de novembro, a Terceira Comissão Disciplinar julgará o goleiro Victor, por expulsão na 31ª rodada do Campeonato Brasileiro. Denunciado por ato desleal ou hostil, o camisa 1 atleticano corre risco de ser suspenso por um a três jogos. A sessão está agendada para iniciar às 17h.

O defensor recebeu o vermelho direto no início do segundo tempo na partida contra o Sport. Jogando no Independência, o goleiro foi expulso após calçar o adversário Wendel “em uma disputa de bola em sua intermediária de defesa, impedindo uma oportunidade clara de gol da equipe do Sport Clube Recife”, narrou o árbitro Felipe Gomes da Silva.

Pela narrativa na súmula, a Procuradoria da Justiça Desportiva denunciou Victor por “praticar ato desleal ou hostil durante a partida”, conforme descrito o artigo 250 do CBJD (Código Brasileiro de Justiça Desportiva). A pena prevista é de suspensão por uma a três partidas.

No mesmo jogo, o Atlético/MG ainda teve o auxiliar técnico Luiz Roberto Matter expulso do banco de reservas por “protestar com gestos – braços abertos – e palavras – ‘Você não marca nada pra gente!” – das decisões da arbitragem’, inclusive dando um soco no teto do banco de reservas.”

Pelo fato, o membro da comissão técnica foi enquadrado no artigo 258, inciso II do CBJD e responde por desrespeitar os membros da equipe de arbitragem, ou reclamar desrespeitosamente contra suas decisões. Se punido, Luiz Roberto pode ser suspenso por até seis partidas.



Veja a reportagem na fonte.



Curta, comente e publique direto no Facebook

Mais lidas últimos 30 dias