Cruzeiro vai ao Rio, tem falhas cruciais na defesa e recebe vaias na rede. Máfia azul se envolve em briga antes do jogo [Portal VozdoCLIENTE]

Cruzeiro vai ao Rio, tem falhas cruciais na defesa e recebe vaias na rede. Máfia azul se envolve em briga antes do jogo Portal VozdoCLIENTE


Na rede social não faltou montagem e azarações. Dedé (Cruzeiro) foi o autor do primeiro gol (contra).



O Cruzeiro parece ter perdido o pique no brasileirão.

Depois de perder em casa o time chegou confiante no Rio para enfrentar o flamengo diante da torcida rubro-negra, mas logo aos 14 minutos do primeiro tempo Egídio perdeu a bola para Alecsandro que enfiou em um cruzamento pela lateral da área.... No desespero da defesa, Dedé tirou a bola das mãos do goleiro Fábio e fez um belíssimo gol, como foi narrado pela transmissão, mas contra.

O Cruzeiro atacou bastante mas não conseguiu marcar.

Para fechar o desespero, Canteros marcou aos 13 do segundo tempo em outra falha da defesa da raposa e, aos 19, em nova assistência de Alecsandro, Gabriel fechou o placar: Flamengo 3 x 0 Cruzeiro.

Alecsandro comemorou depois: "Fico feliz de jogar bem e, não importa quem fez o gol."

Briga de Torcida

Pouco antes da partida, torcedores do Cruzeiro e do Flamengo já faziam feio do lado de fora do gramado.

O tumulto começou, segundo a polícia, com a torcida organizada Máfia, do Cruzeiro, em confronto com flamenguistas que acompanhavam outra organizada do time mineiro, a Pavilhão.

Foram levados à 12ª DP (Copacabana) três cruzeirenses agredidos e três flamenguistas suspeitos de agressão. Com lesões leves, o grupo foi conduzido a um hospital para exames. A Polícia Civil deve enquadrar o caso no Estatuto do Torcedor e os suspeitos de agressão podem responder por tumulto e agressão física.


Curta, comente e publique direto no Facebook

Mais lidas últimos 30 dias