Museu da Inconfidência (MG) comemora 70 anos.
Museu da Inconfidência (MG) comemora 70 anos.
pos: 17 Museu da Inconfidência (MG) comemora 70 anos. [Portal VozdoCLIENTE]

Museu da Inconfidência (MG) comemora 70 anos. Portal Brasil


Museu é um dos mais visitados do Brasil e foi inaugurado em 11 de agosto de 1944



O Museu da Inconfidência, situado em Ouro Preto (MG), celebra 70 anos de sua inauguração em 11 de agosto. No próximo domingo (10), será promovida uma cerimônia de comemoração, com início às 11h. Na data, será incorporada à exposição a tela Nossa Senhora da Soledade (S/D, século XVIII), de Manuel da Costa Athaíde, o mais importante pintor do chamado Barroco Mineiro. A obra foi adquirida pela instituição, com apoio do Instituto Brasileiro de Museus (Ibram). É proveniente da antiga Fazenda do Gualaxo, que pertenceu ao historiador Salomão de Vasconcelos, pai do arquiteto Sílvio de Vasconcelos, grande estudioso do Barroco Mineiro.

A obra passou pela intervenção do restaurador Aldo Araújo, para limpeza, fixação e recuperação da moldura e pintura. Para o diretor Rui Mourão, a compra traduz a vitalidade do Inconfidência no sentido de ampliar e enriquecer seu acervo. O presidente do Ibram, Angelo Oswaldo, ressalta que o museu é referência para a museologia brasileira pela qualidade do seu trabalho, a relevância das coleções e a notável museografia: ´Outras obras de Athaíde estão expostas, mas a pintura da Soledade vai redimensionar a sala dedicada ao artista e valorizar ainda mais o espaço´.

Museu da Inconfidência

Instalado na antiga Casa de Câmara e Cadeia de Vila Rica, o Museu da Inconfidência, um dos mais visitados do Brasil, foi inaugurado em 11 de agosto de 1944, mas, desde 1942, já abrigava o Panteão com os restos mortais dos principais conjurados de 1789. Funcionou como penitenciária estadual, instalada pelo governador João Pinheiro. O prédio foi projetado por Luís da Cunha Menezes, o ´Fanfarrão Minésio´, em 1784. As comemorações das sete décadas do museu coincidem com o bicentenário de morte de Antônio Francisco Lisboa, o Aleijadinho, motivo de celebrações em todo o País.

Tela – Nossa Senhora da Soledade

A pintura religiosa em óleo sobre tela da segunda metade do século XVIII, que retrata Nossa Senhora da Soledade, é atribuída a Manoel da Costa Athaíde (1762-1830, Mariana, Minas Gerais) e marca o estilo de transição Barroco/Rococó. Mede 1,435 m de altura por 1,101 m de largura. Em 1968, o professor Edson Motta deu o seu parecer sobre a autenticidade do quadro. Em 2007, novamente a autenticidade de origem e autoria da obra foi feita pela especialista e professora Dra. Myriam Andrade Ribeiro de Oliveira. A tela fará parte da exposição de longa duração do Museu da Inconfidência e será exibida na Sala Athaíde. A visitação ocorre de terça a domingo, das 12 às 18h, com venda de ingressos até 17h30.

Veja a reportagem na fonte.



Curta, comente e publique direto no Facebook

Mais lidas últimos 30 dias